Atendimento: (22) 3051-4719

    Redes Sociais

Nutrição

Acompanhamento profissional relacionado à nutrição adequada para o objetivo a ser atingido. Perda ou ganho de peso, alimentação para esportistas, vestibulandos, gestantes, pré e pós operatório.

 

O Nutricionista é um profissional da área da saúde capacitado a atuar em diversas áreas visando à segurança alimentar e à atenção dietética. Estuda as necessidades nutricionais de indivíduos ou grupos para a promoção, manutenção e recuperação da saúde.

Trabalha no âmbito da Nutrição Humana e Alimentação, interpretando e compreendendo fatores biológicos, sociais, culturais e políticos para criar soluções que garantam uma melhor qualidade de vida para as pessoas em todos os ciclos da vida.

Áreas de atuação do Nutricionista

I- Alimentação Coletiva:

  • Unidades de Alimentação e Nutrição – UAN;
  • Creches e escolas;
  • Restaurantes comerciais;
  • Refeições-convênio;
  • Empresas de Comércio de Cesta-Básica.

 

II-Nutrição Clínica:

  • Hospitais e Clínicas;
  • Ambulatórios;
  • Consultórios;

 

No consultório, o Nutricionista faz avaliação do peso, altura e da gordura corporal, defini as principais deficiências ou excessos na alimentação. Se achar necessário, o Nutricionista pode, ainda, solicitar exames sanguíneos, e prescrever suplementos, como vitaminas e minerais. Diante desses dados, o Nutricionista faz a prescrição da dieta de acordo com a necessidade de cada indivíduo e atua também na reeducação Nutricional.

  • Bancos de Leite Humano;
  • Lactários;
  • “Spas”.

 

III-Saúde Coletiva:

  • Programas Institucionais;
  • Unidades Primárias em Saúde;
  • Vigilância Sanitária.

 

IV-Ensino

  • Docência, Extensão, Pesquisa e Supervisão de Estágio;
  • Coordenação.

 

V-Outras

  • Indústrias de Alimentos;
  • Esportes.

 

A alimentação é a base para ter saúde e qualidade de vida. O profissional de Nutrição atua em diversas patologias, orientando corretamente quais são os melhores alimentos a serem ingeridos e aqueles alimentos que devem ser evitados, prescrevendo um Plano Alimentar individual específico, tendo assim, a recuperação do organismo enfermo ou um maior controle da doença crônica e até mesmo evitando o agravamento das conseqüências e sintomas de cada doença através de uma alimentação bem direcionada.

Algumas patologias:

  • Constipação intestinal (prisão de ventre) e diarréias;
  • Diabetes;
  • Hipertensão arterial;
  • Insuficiência renal;
  • Anemias;
  • Transtornos alimentares (bulimia e anorexia);
  • Gastrite;
  • Hipoglicemia;
  • Hiperlipidemia (colesterol e triglicérideos elevados);
  • Menopausa e TPM – Tensão Pré-Menstrual;
  • Colite ulcerativa;
  • Insônia;
  • Obesidade.