Redes Sociais

Ser físico, psíquico e espiritual

Por Webtra Tecnologia em 8/01/2013 arquivado na categoria Blog
Sua felicidade pode estar mais perto do que você pode imaginar…
A Terapia Direta do Inconsciente (TDI) é um tratamento psicossomático que constata conceitos da logoterapia, também conhecida como a terceira escola Vienense de Psicoterapia e que é atualmente a única grande escola que inclui o espírito humano como fonte de cura e de força. de Viktor Frankl, médico PhD.
É um processo psicoterapêutico que aborda e trabalha diretamente o inconsciente em seus conteúdos mais puros e profundos, motivos esses que permitem realizar a terapia num curto período de tempo.
O método de Terapia Direta sobre o Inconsciente trata o paciente integralmente, vendo e abordando a pessoa como Ser Físico, Psíquico e Espiritual. Visa, portanto, promover a recuperação e integração harmônica destas três instâncias e o equilíbrio da pessoa/paciente em relação a si e ao seu meio.
Através da TDI, é possível identificar, no inconsciente, traumas ou registros negativos e também decodifica-los, substituindo-os por registros positivos. Essa capacidade de re-elaborar registros e posicionamentos negativos, substituindo-os por posicionamentos e atitudes positivas e saudáveis evidencia a liberdade humana em uma outra dimensão, mostrando que o homem é capaz inclusive de superar problemas e o seu passado.
Contudo, a ressignificação dos males sofridos só acontece havendo uma “reformulação de atitudes”, a partir de novas escolhas em função de princípios transcendentais do homem. Isso mostra que o ser humano tem uma constituição intrínseca e estável que deve ser respeitada pra que haja saúde psicofísica. Através da abordagem profunda e direta do Inconsciente a pessoa tem condições de descobrir a origem bem como o sentido de sua existência, reconhecendo-se como ser livre e responsável, capaz de se auto-realizar.
Um diferencial deste método é que, durante o processo, é possível atuar conscientemente sobre o inconsciente, descobrindo, transformando ou resolvendo os problemas na sua origem. Neste processo, o psicólogo trabalha como um “guia” para que o paciente evolua através de seus próprios méritos. Esta forma de terapia quebra o paradigma do inconsciente inatingível.
Outro importante diferencial desta metodologia é o tempo de duração do processo, afinal ele pode ser realizado a curto prazo. Varia geralmente de 3 a 12 semanas e depende de cada caso. As melhoras podem ser verificadas durante o tratamento terapêutico.